MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
TERO QUEIROZ | 11 de junho de 2019 - 08h47

Habeas corpus de Lula pode ser julgado hoje no STF

Após polêmicas de conversas entre o juiz Sérgio Moro e o procurador da Lava Jato

O então ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, solicitou julgamento do pedido de liberdade do ex-presidente Lula, cuja a sentença cumpre em Curitiba na sede da Polícia Federal desde o dia 07 de abril de 2018, acusado em processos da Lava Jato. A ação foi nescessária após o site The Intercerpt Brasil, revelar conversas do Juiz Sérgio Moro com o procurador Deltan Dallangnol, no discorrer da Lava Jato. 

O habeas corpus pode ser analisado nesta terça- feira (11) pela segunda Turma da Corte. Caso não ocorra, o julgamento deve ficar para 25 de junho. 

A defesa de Lula apresentou pedido em 5 de novembro de 2018, três dias depois de Moro aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Os advogados de Lula declararam que Moro agiu com “inimizade e interesses extraprocessuais” ao conduzir o julgamento.

Segundo interlocutores do STF, a divulgação de mensagens entre Moro e o procurador Deltan Dallagnol interferiu na decisão de Gilmar, tomada nesta segunda-feira (10).

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews