12 de março de 2018 - 08h19

Governador oficializa sua candidatura e presidente do partido fala da força tucana

Fortalecimento foi o sentimento que marcou o primeiro encontro regional do PSDB, em Ivinhema, na
manhã de sábado (10), no Rotary. O evento teve a presença de deputados e secretários do partido,
além de prefeitos e vereadores de diversas siglas, além da população da região.O presidente estadual do PSDB, deputado Beto Pereira, elogiou o fortalecimento e o crescimento da

militância do partido, sobre a credibilidade do governo e que Mato Grosso do Sul estava diante de
uma gestão séria, competente e responsável.  “Se hoje temos um encontro com tantas siglas
diferentes da nossa é porque tivemos uma gestão séria mediante a crise que passamos”, diz o
deputado. 

Beto também fala sobre a importância de se investir no que realmente é necessário. “O governador
ouviu a população no seu anseio mais básico, que é a saúde, educação, infraestrutura e segurança.
Foi o governo que gastou menos com a publicidade para gastar mais com a população”.

Em sua fala, a vice-governadora, contou da sua trajetória ao lado do Reinaldo. “Entrei no PSDB em
2010, e em 2012, com o seu apoio fui a vereadora mais votada do partido. Em 2014, caminhei com
o Reinaldo de forma muito especial: ao lado dele como vice-governadora”, relembra.
Se colocando à disposição do partido para sua reeleição, o governador Reinaldo Azambuja reforçou
que está disposto a trabalhar mais quatro anos pelo desenvolvimento do Estado. “Eu não tenho
medo de desafio, eu respondo a qualquer chamamento” disse o governador sobre a reeleição pelo
partido tucano.

Sobre estar entre um dos poucos Estados que conseguiram pagar as contas em dia e investir em
meio à crise, o governador disse que muitas vezes é preciso tomar decisões impopulares. “Nem
sempre as melhores medidas são as mais aceitas pela população, mas sabia que que lá na frente o
Estado sairia fortalecido. Somos o segundo em geração de emprego e um dos poucos que estão
com as contas e salários dos funcionários em dia”.

Azambuja, que agora é oficialmente candidato à reeleição, declarou apoio à candidatura do também
tucano, governador Geraldo Alckimin para a presidência do país. “Temos um homem público que
não tem qualquer mancha nas sua gestão e administra a maior máquina pública do Brasil com as
contas em dia”, finaliza.

O evento contou teve a presença de mais de mil pessoas, entre eles, mais de 30 prefeitos, 150
vereadores, deputados e secretários.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews