Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, é um dos municípios que vai receber tropas federais
Aline dos Santos/ Reproduzido por Tero Queiroz | 13 de setembro de 2018 - 10h39

Cidades fronteiriças de MS terão presença das forças federais durante eleições

"A missão das tropas, formada por militares das Forças Armadas, é assegurar o livre exercício do voto"

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou envio de forças federais para acompanhar as eleições em quatro cidades de Mato Grosso do Sul. As cidades são Amambai, Paranhos, Caarapó e Ponta Porã.

O pedido foi feito pelo TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral) e deferido pelo TSE na última terça-feira (dia 11). Todas as cidades ficam na faixa de fronteira (área de 150 km) com o Paraguai. O primeiro turno das Eleições 2018 acontece no dia 7 de outubro.

Com a aprovação do TSE para o destacamento das forças federais, cabe ao Ministério da Defesa definir o quantitativo das tropas e a logística para o deslocamento até as localidades contempladas.

A missão das tropas, formada por militares das Forças Armadas, é assegurar o livre exercício do voto, mantendo a normalidade no dia do pleito, e garantir a apuração dos resultados das eleições nas localidades em que a segurança pública dos Estados necessita de reforço.

Sete Estados receberão auxílio de forças federais para a segurança nas eleições de outubro: Mato Grosso do Sul, Ceará, Acre, Maranhão, Piauí, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.

*Fonte: Campo Grande News. 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews