Congresso em Foco | 8 de Janeiro de 2018 - 08h02

Pena de morte tem apoio recorde no Brasil, segundo o Datafolha

O apoio da população à aplicação da pena de morte no Brasil cresceu dez pontos percentuais em nove anos, aponta pesquisa Datafolha publicada na edição desta segunda-feira (8) da Folha de S.Paulo. De acordo com o levantamento, 57% dos entrevistados disseram ser favoráveis à adoção da pena capital. Na pesquisa anterior do instituto sobre o assunto, feita em 2008, a tese tinha a adesão de 47% das pessoas ouvidas.

O novo percentual é recorde desde que o Datafolha começou a fazer esse questionamento, em 1991. Empata, dentro da margem de erro de dois pontos, com os indicadores obtidos em 1993 e 2007, quando 55% manifestaram apoio à pena de morte.

A última execução de um homem livre condenado à morte pela Justiça Civil aconteceu em 1861, em Santa Luzia, atual cidade de Luziânia, no entorno do Distrito Federal.

O Datafolha entrevistou 2.765 brasileiros em 192 municípios nos dias 29 e 30 de novembro passado. De acordo com a pesquisa, 39% da população são contrários à punição. Além disso, 1% se declarou indiferente, e outros 3% não souberam responder.

A pesquisa mostra o perfil de quem apoia a pena de morte no país. A adoção da pena capital tem maior adesão entre brasileiros com renda de até cinco salários mínimos (R$ 4.770), homens, entre 25 e 34 anos e católicos.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews