Tero Queiroz | 9 de março de 2018 - 13h07

Sistema inédito no País aproxima profissionais do interior com o SIOMS

A presinte do sindicato destaca; “Esse novo sistema nos ajuda a ficar mais próximos dos colegas do interior, melhorando nossa atuação, tanto juridicamente, quanto politicamente para atender as reivindicações e necessidades”

O Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul – SIOMS implementou um sistema de videoconferência para transmitir ao vivo, pelo Youtube, as reuniões e ainda dar a possibilidade aos profissionais de participarem.

O sistema foi inaugurado hoje, sexta-feira (9/3) com os profissionais de Dourados e Corumbá, simultaneamente, que, por meio de links disponibilizado pelo SIOMS, puderam fazer questionamentos e receber as respostas em tempo real.

A presidente do SIOMS, Dra Marta Brandão, destacou a importância de estreitar as relações com os profissionais. “Esse novo sistema nos ajuda a ficar mais próximos dos colegas do interior, melhorando nossa atuação, tanto juridicamente, quanto politicamente para atender as reivindicações e necessidades”.

Dois profissionais da cidade de Dourados participaram da videoconferência com questionamentos. Um deles foi sobre o teto salarial da prefeita de Dourados, que é baixo e consequentemente reduz os salários dos servidores, dificultando o interesse, tanto de odontólogos, quanto de médicos, de ingressar na rede municipal de saúde. Dr. Alexandre Chadid, advogado do SIOMS, informou que o sindicato já está tomando as providências jurídicas sobre esta situação

Também houve o questionamento sobre duas situações, que são os cortes nos plantões e a retirada de aparelhos de Raio X das unidades de saúde em Dourados. Foi informado que o jurídico irá acionar a prefeitura para obter respostas e dar os encaminhamentos necessários.

Nas videoconferências, o SIOMS avisou que está agendando reuniões presenciais com os prefeitos para iniciar as tratativas sobre a questão salarial dos cirurgiões dentistas destas duas cidades. Novas videoconferências estão previstas para acontecer e as datas e horários serão avisadas pelo sindicato.

 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews