MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
Anahi Zurutuza | 11 de junho de 2019 - 17h06

Empresas têm mais 75 dias para apresentar projetos de casas no Centro

Construção de conjunto residencial na região central faz parte do programa de revitalização da região central
A Prefeitura de Campo Grande prorrogou por mais 75 dias o prazo para empreiteiras interessadas em contrato para construir casas na região central apresentem os anteprojetos arquitetônico, urbanístico e paisagístico. A construção será parcialmente financiada pelo programa Minha Casa, Minha Vida e faz parte do plano de revitalização do Centro da Capital.   Segundo a prefeitura, o prazo foi prorrogado para que as propostas possam ser adequadas a alterações no programa federal, dentre elas, os critérios diferenciados nas faixas de financiamento. As unidades poderão ser vendidas para pessoas com renda nas faixas 1,5 (R$ 1,2 mil mensais) e 2 (R$ 1,8 mil) do Minha Casa, Minha Vida.   A vencedora do edital deverá construir, no mínimo, 600 unidades habitacionais. A proposta é construir edificações de até sete andares.   A área destinada à construção dos apartamentos, nas imediações do que seria o Centro de Belas Artes, próximo a Orla Morena, será doada pelo município à empreiteira. A empresa também terá aporte de no mínimo de R$ 5,1 milhões e ainda poderá explorar parte do terreno para a construção de empreendimentos comerciais e de serviços que atendam ao próprio complexo habitacional.   Já o cadastramento das famílias interessadas em morar no Centro vai obedecer a um sistema diferenciado, que ainda será divulgado, e o sorteio que ficará a cargo da Emha (Agência Municipal de Habitação).   O edital com detalhes sobre o projeto de habitação na região central está disponível na Divisão de Apoio Administrativo e Operacional da Emha, que fica na rua Iria Loureiro Viana, 415, na Vila Oriente, e também no site da agência.
 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews