Versão para DesktopMS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
Realino usou os cinco minutos da palavra
JULIANA VILASBOAS - REDE NEWS | 30 de abril de 2020 - 12h45

Líder do prefeito Ângelo Guerreiro diz montou grupo na Câmara para blinda-lo

Realino usou os cinco minutos da palavra dada para defender a exclusão do projeto apresentado na ultima sessão que daria apoio aos micros empresários da cidade

O Vereador Realino (MDB) disse na última treça-feira (28.abril), durante sessão  online da Câmara de Vereadores de Tês Lagoas que há uma aliança política com o prefeito Ângelo Guerreiro. Em tom de defesa o verador assumiu que dentro da Câmara um grupo de vereadores, denominados da “base do prefeito”, foi montado para defender projetos do executivo e blinda-lo em suas decisões.

Realino usou os cinco minutos da palavra dada para defender a exclusão do projeto apresentado na ultima sessão que daria apoio aos micros empresários da cidade, mas foi rejeitado por estes mesmos vereadores “ aliançados”  com o atual executivo.

O vereador líder do Guerreiro declarou “ Fomos eleitos por apoiar e estar no projeto do prefeito Ângelo Gerreiro (PSDB) e considero natural a proteção aos projetos e direcionamentos dados por Guerreiro, porque este projeto era inconstitucional. Eu entendo que não devemos focar no que o prefeito tem gastado, mas sim nos projetos a favor da população como o projeto do kit escolar que beneficiará 13 mil famílias”, falou Realino.

Ele  defendeu que a apresentação feita  sobre o investimento feito de 3 milhões dos cofres públicos para uma agência de propaganda, que será usada para repercutir a imagem do prefeito. “É  uma questão meramente política e que não seria momento desta apresentação, já que talvez nem aconteça as eleições municipais de 2020”, falou o vereador tentando desviar  atenção sobre um dos motivos que o executivo não aprovou o projeto que beneficiaria os empresários em meio a pandemia, já que iria interferir no caixa da prefeitura.

Hoje os vereadores que fazem parte deste grupo que tentam blindar o prefeito na Casa de leis são:  Realino, Cascão, Cristina, Celso Yamagutti, Tonhão, Marcus Bazé, Sargento Rodrigues, Jorginho do Gaz, Luiz Akira, Silverado, Sirlene, e o presidente da Casa André Bitencourt que não vota, mas o inicio havia feito parte deste grupo liderado nas últimas eleições pelo prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB).

Fonte: Rede News. 

 
Subir ao TopoSubir ao TopoVoltarVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews