Versão para DesktopMS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
Jefferson, Mateus, Beatriz, Daniela, Maycon, Isadora e Ailton estavam no carro
G1 | RIBEIRÃO PRETO E FRANCA | 20 de abril de 2020 - 07h06

Sete amigos mortos em colisão com ônibus serão enterrados nesta 2ªfeira

Carro em que eles estavam bateu de frente com o outro veículo na manhã de domingo (19.abril)

Os sete amigos mortos no domingo (19.abril) em um acidente na volta para casa após uma festa serão enterrados nesta segunda-feira (20.abril) em Sertãozinho (SP).

Por causa do decreto com medidas para barrar o avanço do novo coronavírus, os velórios serão realizados com duração e número de participantes reduzidos. A previsão é que os corpos comecem a ser velados às 7h.

Segundo a Polícia Civil, as vítimas são:

Mateus Henrique Sclaunick, de 23 anos
Ailton Soares da Silva, de 36 anos
Maycon Douglas Pereira de Carvalho, de 26 anos
Daniela Genari Santos, de 15 anos
Isadora Vasconcelos da Silva, de 17 anos
Beatriz Vasconcelos Ferreira, de 19 anos
Jefferson Luis dos Santos Meira, de 30 anos

Familiares das vítimas não quiseram comentar o acidente neste domingo. Isadora e Beatriz eram primas.

COLISÃO APÓS FESTA

Carro ficou completamente destruído em colisão com ônibus em Sertãozinho, SP. Foto: Luciano Tolentino/EPTV/G1.

O acidente aconteceu no início da manhã de domingo, na estrada vicinal Alcídio Balbo. Segundo o delegado Rodrigo Bortoletto, os sete amigos estavam no carro que bateu de frente com um ônibus de trabalhadores rurais.

Os ocupantes do Palio morreram no local. O motorista do ônibus, Vanderlei Aparecido Armelindo, disse que não houve tempo de desviar, uma vez que o veículo invadiu a pista contrária em uma curva. Armelindo fez o teste do bafômetro e o resultado deu negativo.

De acordo com o delegado, a festa da qual o grupo participou aconteceu em uma chácara no bairro Colinas de São Pedro, mas o endereço ainda não foi localizado.

Por causa dos decretos estadual e municipal com medidas contra a Covid-19, eventos foram proibidos. “Ele [organizador] pode responder por ter servido bebida a adolescentes e por ter promovido a festa clandestina”, diz Bortoletto.

A Prefeitura de Sertãozinho informou que nenhuma denúncia sobre a festa foi registrada pela Guarda Civil Municipal (GCM) entre a noite de sábado (18) e a manhã de domingo.

Equipes do Corpo de Bombeiros, com apoio da concessionária Entrevias, fizeram o resgate.

O delegado afirma que não foi encontrada bebida alcoólica no carro, mas há indícios de que o motorista estava bêbado. Por causa do estado dos corpos, a polícia não informou quem estava ao volante.

O boletim de ocorrência foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor. A perícia esteve no local. Exames feitos no IML devem apontar se as vítimas consumiram bebida alcoólica.

Fonte: G1 

 
Subir ao TopoSubir ao TopoVoltarVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews