MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
Deputados de oposição no Plenário da Câmara, entre eles, Vander Loubet (PT-MS)
TERO QUEIROZ | 12 de junho de 2019 - 12h02

Oposição garante recursos para habitação, universidades e bolsas de pesquisa

Acordo libera R$ 1 bilhão para o Minha Casa Minha Vida

Na tarde desta terça-feira (11), a oposição na Câmara dos Deputados teve importantes conquistas em meio aos retrocessos promovidos pelo atual governo. Para deixar a obstrução no dia de hoje (12), deputados de partidos como PT, PSB, Psol, Rede, PCdoB e PDT exigiram do governo a liberação de recursos para questões que estavam sendo negligenciadas pelo Planalto. O governo cedeu.

"Pelo acordo, serão liberados R$ 1 bilhão para obras do programa Minha Casa Minha Vida e R$ 550 milhões para conclusão das obras de transposição do Rio São Francisco. Além disso, na área da educação, deve ocorrer o desbloqueio de R$ 1 bilhão para as universidades e de R$ 330 milhões para bolsas de pesquisa ligadas ao Ministério de Ciência e Tecnologia", explicou o deputado federal Vander Loubet (PT-MS), membro titular da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO).

"Nós, da oposição, seguimos fazendo o nosso papel aqui na Câmara, batalhando para que questões essenciais do nosso país não sejam menosprezadas", concluiu Vander.

Obstrução - É a utilização, pelos parlamentares, de todos os meios regimentais para protelar ou evitar a votação de uma determinada matéria. Os mecanismos mais utilizados são os pronunciamentos, pedidos de adiamento da discussão e da votação e saída do Plenário para evitar quórum. Quando ocorre obstrução, dificilmente o Plenário consegue votar as matérias que estão em pauta, sendo um instrumento para pressionar o governo ou os parlamentares de situação a rever determinadas posições.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews