MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad
REDAÇÃO | 11 de julho de 2019 - 11h39

Marquinhos Trad diz não ser hora para tratar de sucessão

“A prioridade é governar a cidade. Nem sei se estarei vivo amanhã”, esquivou-se o prefeito

Ao ser questionado pelo Midiamax quando dará início ao processo de aproximação com as forças políticas e partidárias visando às eleições de 2020, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirmou categoricamente que sua única preocupação no mandato é administrar a cidade. “Esta prioridade é absoluta, total. É o hoje. Nem sei se estarei vivo amanhã. Eu estou vivendo o que determina a responsabilidade que a população me confiou na gestão de Campo Grande”, disse.

Enquanto cumprimentava as autoridades que foram ao lançamento do programa “Mais Obras nos Bairros”, na manhã de quarta-feira, 10, no auditório da Esplanada da NOB, o prefeito atendeu o jornalista que lhe perguntou também se a pré-candidatura do senador Nelsinho Trad (PSD) ao Governo em 2022 ajudaria a alavancar seu projeto de reeleição, Marquinhos foi curto para não estender esse tema: “Não sei nada disso, o que eu sei é que tenho uma cidade para cuidar com a minha equipe”.

Eleito no segundo turno em 2016, quando derrotou a candidata do PSDB Rose Modesto, o prefeito pessedista passou de adversário a aliado dos tucanos em 2018, quando apoiou decididamente o governador Reinaldo Azambuja, que disputava a reeleição. Em troca, recebeu de Azambuja um aceno de retribuição na sucessão municipal.

O PSDB, para apoiar Marquinhos, precisa de uma deliberação legal, que é atribuição do Diretório. Internamente, a liderança de Azambuja é maciça e inquestionável. No entanto, há focos de incentivo ao lançamento de chapa própria, principalmente entre os simpatizantes da deputada federal Rose Modesto. Ela, determinada a garantir um espaço partidário e político para esta pretensão, tem aceno de outros partidos e conta até com um reforço providencial: a presidenta nacional do Podemos, deputada Renata Abreu, sua amiga e colega de Câmara, pôs em suas mãos o leme da siglas em Mato Grosso do Sul.

 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews