Redação | 9 de julho de 2018 - 07h31

Fábio Trad: a afirmação congressual de um guaicuru

Em dezembro do ano passado Fábio Trad assumia pela segunda vez uma vaga na Câmara dos Deputados.  Retomava um espaço que já lhe era cativo no contexto das inteligências que despontaram na safra de renovação política do País, a partir de seu primeiro mandato, obtido em 2010 e cumprido com reconhecidos méritos até 2014. 

Em 2017, a designação de Carlos Marun (MDB) para ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência abriu novamente as portas do Congresso Nacional para Trad - e ele foi recebido com as merecidas reverências pelos colegas, especialmente os que acompanharam de perto sua aplaudida trajetória. Ex-presidente da seccional sulmatogrossense da Ordem dos Advogados, consagrado por uma das gestões de melhor desempenho na história da entidade, levou para Brasília clamores locais de sua gente e o olhar atento para problemas brasileiros desafiadores, como a necessidade de reformas estruturais nos sistemas institucional. Político, jurídico, social e econômico.

No primeiro mandato, Fábio Trad havia protagonizado quatro anos de grandes intervenções em defesa da democracia e do estado de Direito. Não por acaso, mesmo estreante, figurou entre os mais destacados parlamentares. Em 2012, por exemplo, foi o terceiro colocado na sétima edição do sétimo Prêmio Congresso em Foco, site especializado em cobertura política. E na votação para eleger “parlamentares de futuro”, com menos de 45 anos, ele terminou na quinta posição, também pelo voto dos internautas.

Agora em 2018, e apesar de estar há pouco mais de seis meses na casa, Fábio Trad (PSD) já se sobressai e está entre os 12 melhores parlamentares do país. É o que apontou o respeitado site Ranking dos Políticos, ao avaliar o desempenho dos que mais apresentaram projetos em Brasília (DF), somando, segundo o referido site, 43 pontos positivos. Dos parlamentares sul-mato-grossenses, oito no total, ele ocupa disparadamente a primeira colocação, sendo que os números apresentados são oficiais e fornecidos diretamente pelo portal do Congresso.

Cada ponto ganho ou tirado está documentado com a origem da informação e a fonte, de modo que qualquer um possa conferir. Diariamente a ação parlamentar é auditada por milhares de internautas que acompanham o ranking, conferem, criticam e corrigem a avaliação, quando necessário. Além da pontuação referente às informações públicas, pontuam-se os políticos de acordo com sua qualidade legislativa.

OBJETIVOS - Ao assumir este mandato, Fábio Trad foi objetivo ao definir seus compromissos fundamentais, citando que um dos principais objetivos seria retomar projetos de leis importantes para o país. No elenco dos debates nacionais que colocam Fábio Trad com presença obrigatória estão  o Código de Processo Penal, Código Penal, modernização das leis de licitações e Reforma Tributária.  “Todos os projetos para aprimorar o serviço público brasileiro, a saúde, segurança, mobilidade urbana, educação e conhecimento são importantes e terão a minha máxima atenção”, acrescentou e deputado.

Fábio Trad chama a atenção também para a reforma da previdência, a restauração e modernização do princípio federativo par combater as desigualdades, justiça tributária e questões estratégicas para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, como qa capacitação e infraestrutura e logística para assumir papel decisivo e de maior influência na regulação do sistema sócio-econômico do Mercosul.

 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews