Redação | 26 de novembro de 2018 - 13h23

Délia faz minirreforma usa “remédio caseiro” para estancar sangria da Operação Pregão

A prefeita Délia Razuk (PR) optou em “remédios caseiros” para estancar a sangria provocada pela operação Pregão deflagrada no último dia de outubro pelo GAECO em Dourados. 

A Operação que investigava irregularidades em licitações mandou para a cadeira a vereadora Denize Portolann, ex-secretária de Educação; Messias José da Silva e o diretor do departamento de Licitação Anilton Garcia de Souza.

No Diário Oficial de hoje a prefeita de Dourados efetivou como secretário de Fazenda, o advogado Carlos Augusto Pimental que estava como interino. Como auxiliar direto de Pimentel a prefeito nomeou Duhan Tramarin Sgaravatti.

A outra mexida no secretário de Délia aconteceu na Agência Municipal de Habitação onde a assistente social Maria Fátima Silveira de Alencar, assumiu a presidência no lugar de Duhan que até ontem respondia interinamente pelo cargo.

 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews