Redação | 10 de outubro de 2018 - 20h47

Apoio do MDB pode garantir vitória de Odilon no segundo turno

O juiz Odilon de Oliveira candidato a governador de Mato Grosso do Sul pelo PDT, conta desde a tarde desta quarta-feira com o apoio oficial do Diretório Regional do MDB.

Desde segunda-feira que os emedebistas discutiam o apoio ao juiz Odilon que passa a contar com a possibilidade da transferência dos votos dado ao candidato do MDB ao governo Junior Mocchi no primeiro turno.

A decisão do Diretório Estadual do MDB vem acompanhada do apoio do senador Waldemir Moka e dos deputados estaduais Renato Câmara e Márcio Fernandes. A cúpula da campanha do Juiz Odilon acredita que os 11,61% dos votos dados a Junior Mocchi no primeiro turno sejam de fundamental importância para garantir a vitória de Odilon.

A decisão do MDB foi unanime e não provocou cisões dentro do partido que a partir de agora está empenhando na campanha do Juiz Odilon nos programas de rádio e televisão, nas ruas, nos bairros da capital e das cidades do interior do estado.

Além do MDB vem junto para apoiar a candidatura de Odilon de Oliveira, os demais partidos que formavam a Coligação Trabalho Amor Fé. As direções do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Trabalhista Cristão (PTC), Partido da República (PR), Partido Republicano Progressista (PRP), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Democracia Crista (DC, antigo PSDC e ainda o Partido Social Cristão (PSC).

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews