Fachada da escola estadual onde um atirador teria disparado contra crianças
TERO QUEIROZ | 13 de março de 2019 - 09h39

São dois atiradores que invadiram escola atirando: polícia confirma 8 mortes

Atiradores se mataram na sequência

Dois atiradores entraram na escola estadual Professor Raul Brasil, na manhã desta quarta-feira (13), em Suzano, a 50 km de distância de São Paulo, e dispararam contra estudantes e uma funcionária.

Segundo informações iniciais, dois adolescentes encapuzados teriam invadido a escola atirando. Cinco jovens morreram e os atiradores teriam se matado na sequência. As informações do centro de comunicação da Polícia Militar de São Paulo.

Conforme a Polícia Militar, todo o efetivo da 1ª Companhia do 32º Batalhão de Suzano foi destacado para ir até o local. As equipes da Guarda Civil Metropolitana e do Sercviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram enviados à escola.

Várias crianças se feriram e não resistiram aos ferimentos. Não se sabe, porém, o número atualizado de atingidos, inicialmente 8 mortes foram confirmadas. Helicópteros Águia 15 e 17, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, também foram deslocados à ocorrência.

A Polícia Militar informou que foi acionada para atender a ocorrência de disparo de arma de fogo de pequeno porte e vítimas no local, mas ainda não tem mais detalhes. Inicialmente, estão no local seis unidades de resgate, três unidades do Samu, duas unidades de suporte avançado e dois helicóptero Águia. 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews