MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
TERO QUEIROZ | 8 de maio de 2019 - 08h07

PF faz buscas em empresas suspeitas de fraudar licitações para reformas de escolas em MS

Com apoio da CGU, policiais cumprem 12 mandados de busca e apreensão contra empresas nesta manhã

A Polícia Federal (PF) e Controladoria Geral da União (CGU) realizam nesta manhã de quarta-feira (08), o cumprimento de 12 mandados de buscas e apreensões em Campo Grande. Os alvos da Operação Nota Zero são empresas de engenharia suspeitas de fraudar licitações para construções e reformas de escolas estaduais. 

Nesta manhã equipes da PF, estiveram na sede da Queiroz Engenharia, uma das empresas alvos da Operação, localizada na Rua Vitório Zeolla, no Carandá Bosque. Os policias também foram até o prédio da Secretaria de Estado e Educação (SED). Os funcionários da pasta tiveram que aguardar ao lado de fora do órgão. 

Conforme as investigações, o esquema se dava, quando construtoras eram apontadas para vencer licitações, e se comportavam como personagens de "teatro criminoso", para impedir a participação de empresas que não estivessem no esquema. As integrantes do grupo criminoso faziam uma espécie de rodízio, para que todas saíssem ganhando. 

Cerca de oito licitções teriam sidos viabilizados através do esquema, se somados os valores das ações fraudulentas chegam a casa dos R$ 7,3 milhões. Ainda segundo a PF, parte das quantias eram pagas em propínas aos facilitadores. 

A PF junto ao CGU devem realizar coletiva as 10h de hoje oara detalhar a operação. 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews