Notícias ao Minuto | 26 de dezembro de 2018 - 06h50

Mulher morta por sobrinha embriagada iria rever filho sumido há 38 anos

Reencontro estava marcado para janeiro

A costureira Ivonete Pache Stephan, de 56 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (25), em Campo Grande, após ser atropelada pela sobrinha Pryscilla Stephan da Silva, de 38. Em janeiro, a vítima tinha um encontro marcado com o filho, que estava desaparecido há 38 anos.

De acordo com o G1, Ivonete estava ansiosa para reencontrar o filho, que foi levado pelo pai quando pequeno.

A costureira morreu por volta das 4h, ao tentar impedir que a sobrinha embriagada deixasse a confraternização de natal da família após brigar com o marido. O corpo da costureira foi prensado contra o muro da garagem de casa, depois que ela se colocou na janela do passageiro para impedir que Pryscilla deixasse o local. Ivonete morreu depois que a sobrinha deu marcha a ré no carro bruscamente.

Pryscilla da Silva foi autuada em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo automotor e por dirigir sob o efeito de álcool. O teste do bafômetro apontou 0,58 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. 


 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews