MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
TERO QUEIROZ | 6 de maio de 2019 - 08h54

Homem finge ser policial, invade hospital e agride filho de paciente

Chegou a empurrar um idoso em tratamento

Armado um homem fingiu ser Policial Civil, invadiu o Hospital São Julião, na noite de ontem (05) e agrediu e emaçou de morte um homem de 42 anos. Segundo o registro de ocorrência, o agressor estaria desconfiando de que a vítima "mexeu" com a sia mulher, que é auxiliar de enfermagem na unidade. 

O homem de 42 anos acompanhava o pai no hospital, o idoso está internado na unidade há 11 dias. A vitima disse que o agressor exigiu documentos enquanto o agredia, "isso é para aprender não mexer com mulher dos outros", dizia enquanto batia o suposto policial. O agressor estava armado. 

A vítima contou em depoimento a polícia, ter sido enforcada e ter levado tapas no rosto. Para tentar defender o filho o idoso de 68 anos, ainda tentou separar os dois, momento em que o homem o empurrou.

Funcionários do hospital conteram o homem, mas ele ainda ameaçou o filho do paciente dizendo que vai pegá-lo na rua e “encher a cara dele de tiros”. Apesar de ter se apresentado como policial, após o ocorrido testemunhas relataram que ele é na verdade segurança de uma empresa privada e que o seu posto de trabalho é uma loja de utilidades da Avenida Afonso Pena.

Toda a situação foi registrado na ata no hospital e os funcionários também acompanharam a vítima até Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro (Depac), onde o caso foi registrado. Aos policiais a vítima ressaltou que teme pela própria vida, caso encontre o homem durante as vezes que tiver que retornar ao hospital para visitar o pai.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews