Tero Queiroz | 11 de junho de 2018 - 09h49

Homem é alvejado em sua conveniência com tiros de 9 mm no pescoço, abdômem e testa

"O atirador fugiu de carro com a esposa e dois cachorros"

Não teve do nome divulgado, sabe-se que a vítima de 55 era comerciante. Na noite de ontem, domingo (10), aproximadamente por volta das22h, o comerciante conhecido apenas como Alaor, foi executado com três tiros de pistola 9 milímetros, em seu estabelecimento, um bar na avenida Souto Maior, no Jardim Tijuca, em Campo Grande. Um dos tiros atingiu a testa da vítima.

Segundo a Polícia Civil, o registro do crime está em sigilo. A vítima foi identificada apenas como Alaor.

As informações divulgadas pela polícia dão conta de que quando a polícia chegou no local encontrou o comerciante caído já sem vida. Além da testa, Alaor também foi atingido com tiros no pescoço e abdômen.

O carro da vítima estava estacionado em frente a cena do crime. Dentro dele, a polícia encontrou R$ 4 mil.

O atirador foi identificado pela polícia com informações do dono do bar. Contudo, para não prejudicar a investigação o nome não foi divulgado.

Policiais chegaram a ir à casa do suspeito onde encontraram um carregador da pistola carregado com 15 munições intactas. Ainda foi possível apurar, que o atirador fugiu de carro com a esposa e dois cachorros.

A motivação para o crime não constava na queixa, apenas que o caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil. 

 

Fontes: Guilherme Henri e Geisy Garnes

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews