Tero Queiroz | 11 de maio de 2018 - 11h59

Guerra continua; pistoleiros invadem casa, executam brasileiro e jovem é baleada

"Mabel Brites, de 19 anos de idade, foi ferida a tiros e socorrida ao Hospital Regional "

O brasileiro Marcelo dos Santos foi executado por pistoleiros na manhã de hoje, sexta-feira (11) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande. Santos foi surpreendido pelos matadores na casa onde morava, perto do parque de exposições da cidade.

Marcelo foi morto com vários tiros na sala da casa. Uma jovem paraguaia, identificada como Mabel Brites, de 19 anos de idade, foi ferida a tiros e socorrida ao Hospital Regional de Pedro Juan Caballero.

De acordo com a rádio Futura FM, Mabel estava dormindo quando os pistoleiros entraram na casa, mataram Marcelo e atiraram nela, ainda na cama.

O casal trabalha como atendente em um Spa e na noite anterior ao crime eles foram a um evento social no local, por isso não está descartado que alguém que tenha participado de tal evento possa estar envolvido no crime.

Fato notável foi que o casal tinha dois cães que não reagiram à presença dos autores do crime, por isso não está descartado que os autores sejam conhecidos ou amigos íntimos das vítimas.

A Linha Internacional entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã enfrenta uma guerra entre quadrilhas pelo controle do tráfico de drogas e de armas. Só neste mês, seis pessoas já foram assassinadas nas duas cidades.

PCC (Primeiro Comando da Capital), Comando Vermelho e facções criminosas menores, principalmente da região sul, lutam para assumir o lugar que era de Jorge Rafaat Toumani, executado em 2016.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews