Tero Queiroz | 8 de junho de 2018 - 10h06

Corpo em decomposição é encontrado em área que desapareceu pedreiro

"A polícia acredita que o cadáver seja do pedreiro desaparecido desde domingo"

Ainda não identificado, um corpo de um homem foi encontrado na manhã de hoje, sexta-feira (8) na região de mata na Embrapa, em Campo Grande.

Segundo informações o cadáver estava em estado avançado de decomposição com rosto desfigurado, o que dificulta a identificação. Para a polícia, a principal suspeita é que o corpo seja do pedreiro Thiago Lopes Amarila, de 32 anos, desaparecido na mesma região desde o dia 27 do mês passado.

Informações fornecidas pela polícia, dão conta de que o corpo foi encontrado por um vigia. O vigia, em depoimento revelou que no início da manhã recebeu informação de um outro funcionário sobre uma mochila no lugar. Ao sair para averiguar, ele se deparou com o corpo sem camiseta e de bermuda branca caído na região conhecida como melhoramento animal.

Na sequência, segundo a polícia, a área foi isolada por equipes da 7ª DP (Delegacia de Polícia), GOI (Grupo de Operações e Investigação) e Polícia Militar. A imprensa ainda não pode ter acesso ao local. 

Desaparecido 

Thiago está desaparecido desde o dia 27 de maio. Foto: acervo pessoal   

Desde domingo, dia 27 de maio, amigos e parentes procuram por Thiago Lopes Amarila, que é pedreiro, e foi visto pelo última vez em uma área de mata nativa da Embrapa, onde havia ido pescar com os amigos.

Segundo sites locais, que noticiaram o desaparecimento do pedreiro, na manhã daquele dia Thiago acordou cedo, e como de costume, começou a limpar a casa, é o que contou Maria Otilia Oliveira, de 67 anos, avó do pedreiro, em recente entrevista ao site Campo Grande News.

Ainda segundo a idosa, ela saiu e na volta, ela encontrou o neto tomando café com um amigo. Pouco depois, outro amigo de Thiago chegou ao local e o convidou para ir pescar. Já se aproximava do horário do almoço quando Thiago e outros cinco amigos seguiram para a pescaria. 

O homem então desapareceu, não foi encontrado pelos amigos e nem por famíliares. Que sem notícia de Thiago, procurou a polícia na segunda-feira (28) e registrou um boletim de ocorrência. O Corpo de Bombeiro foi acionado e iniciou as buscas, mas até então não havia encontrado nada.

*Fonte: por Guilherme Henri e Geisy Garnes

*Com informações do site Campo Grande News. 

*Com informações da equipe de investigação do caso da GOI (Grupo de Operações e Investigação).

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews