Tero Queiroz | 10 de janeiro de 2018 - 10h45

Chuvas fortes na Califórnia deixa 13 mortos

"Esse número pode aumentar, pois várias pessoas continuam desaparecidas"

Pelo menos 13 pessoas morreram ontem, terça-feira (9) por causa das fortes chuvas em uma região do sudoeste da Califórnia (Estados Unidos). A área, que ficou sem vegetação por causa dos incêndios do mês passado, sofreu agora grandes deslizamentos de terra, enchentes e inundações.

As chuvas intensas, com o acúmulo de mais de 25 milímetros na zona noroeste de Los Angeles, originaram rios de lama e escombros que destruíram várias casas na região de Montecito, no condado de Santa Barbara.

O xerife do condado, Bill Brown, confirmou, em entrevista, que há 13 mortos e que esse número pode aumentar, pois várias pessoas continuam desaparecidas.

Juntamente com as 13 mortes, as enchentes deixaram em Montecito pelo menos 25 feridos. A informação foi dada pela porta-voz do Escritório do Xerife do Condado de Santa Barbara, Kelly Hoover, ao jornal Los Angeles Times. O Departamento de Bombeiros continua com as operações de resgate. Cachorros treinados em encontrar pessoas ajudam os bombeiros no trabalho.

As fortes chuvas também obrigaram as autoridades a fechar várias estradas, retirar milhares de pessoas de suas casas e fazer muitos resgates. Uma menina de 14 anos, por exemplo, ficou horas presa dentro de casa em Montecito, antes de ser retirada do local pelos bombeiros.

Os moradores das áreas devastadas pelos incêndios de dezembro tiveram que voltar a abandonar suas casas, como fizeram naquela ocasião devido ao perigo das chamas.

As autoridades do condado de Santa Barbara alertaram os moradores para que ficassem em lugares cobertos e evitassem pegar as estradas.

A destruição provocada pelos graves incêndios em várias regiões da Califórnia fez com que a água das chuvas arrastasse os escombros e os restos da vegetação queimada, especialmente no sul do estado.

"Foram emitidas ordens de evacuação em áreas de Montecito e Carpinteria afetadas pelos recentes incêndios", confirmou à Agência EFE a porta-voz do condado de Santa Bárbara, Amber Anderson.

As ordens, similares às divulgadas na época dos incêndios, foram dadas para cerca de 20 mil pessoas que vivem nos condados de Santa Barbara e Ventura.

"O Serviço Meteorológico Nacional divulgou uma advertência de inundações repentinas para as áreas queimadas pelos incêndios", informou o órgão.

As fortes tempestades também afetaram o fornecimento de energia. A Southern Califórnia Edison disse que pelo menos 20 mil pessoas ficaram sem luz.

O Departamento de Saúde Pública de Los Angeles também emitiu alerta de alto risco nas praias da região por causa das chuvas.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews