Pessoas se confortam em uma rua da cidade de Thousand Oaks, sul da Califórnia, onde um atirador abriu fogo em um bar lotado com centenas de pessoas
Tero Queiroz | 8 de novembro de 2018 - 09h48

Atirador faz massacre em bar, mata 13 e deixa 11 feridos em cidade dos EUA

Ao menos 100 pessoas estavam no local no momento do tiroteio

O atirador abriu fogo em um bar com centenas de pessoas na noite de quarta-feira (madrugada de quinta, 8, no Brasil), na cidade de Thousand Oaks, no sul da Califórnia, e deixou 12 pessoas mortas, entre elas um policial que atendeu a ocorrência. O agressor foi morto.

Segundo as autoridades locais, o agente respondeu aos relatos de tiros no estabelecimento e foi atingido pelo agressor assim que entrou pela porta da frente.

Os reforços policiais que chegaram ao local poucos minutos depois encontraram o atirador sem vida, com ferimentos de bala. Ainda não está claro quem atirou contra ele ou se ele tirou a própria vida.

Ao menos outras 12 pessoas ficaram feridas no ataque. O Borderline Bar & Grill, local do tiroteio, é uma casa noturna com temática do Velho Oeste e que exibe, principalmente, shows musicais de country. Ao menos 100 pessoas estavam no local no momento do tiroteio.

 O xerife do condado de Ventura, em Thousand Oaks, no sul da Califórnia, anunciou na manhã desta quinta-feira (8) que o tiroteio ocorrido resultou em 13 mortes e 11 feridos, segundo o 'The New York Times'. Entre os mortos está contabilizado o atirador e um assistente do xerife, que foi baleado ao chegar ao local do crime.

"O cenário é horrível", disse o xerife, esclarecendo que ainda é muito cedo para fornecer mais informações.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews