Daiane Becker | 8 de janeiro de 2018 - 07h51

Secretaria Municipal de Saúde de Jardim realiza blitz educativa em alerta contra a Dengue

A Prefeitura Municipal de Jardim através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nesta sexta-feira, 05 de janeiro uma blitz educativa contra a Dengue sob orientação do setor de controle de endemias do município com o intuito de sensibilizar a população a combater os focos do mosquito Aedes Aegypti.

 

A blitz acontece na Avenida11 de Dezembro em frente à Loja Desafio. Durante a ação foram entregues materiais de orientação e conscientização aos pedestres e às pessoas que estavam com automóveis e motocicletas que passavam pelo local.

 

De 08 a 12 de janeiro estará sendo feito um levantamento do índice de infestação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika vírus, Chikungunya e Febre Amarela em todos os bairros da cidade. Os agentes de endemia estarão coletando as larvas do mosquito para saber em qual bairro ele esta se proliferando mais, qual tipo de recipiente, para que se tomem as medidas necessárias e o município possua o índice de infestação no geral.

As visitas serão realizadas a partir do dia15 de janeiro primeiramente nas residências de toda a cidade. Para o prefeito Guilherme Monteiro é indispensável que as pessoas recebam os agentes em suas residências, pois eles estão orientados a passar as instruções para que os cuidados sejam tomados para prevenção de infestações e zelando assim pela saúde da população.

O ciclo de vida do mosquito da dengue, do ovo até a fase adulta, leva cerca de 7 a 10 dias. Se a verificação e eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, podemos interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos.

A Secretaria de Saúde alerta que dias quentes e chuvosos são muito favoráveis à proliferação do mosquito da dengue. Para evitar uma possível epidemia neste verão, cada pessoa precisa fazer a sua parte, promovendo uma blitz constante dentro e fora de casa.

Vale ressaltar que a maioria dos casos de dengue acontece entre os meses de janeiro a março pelo clima favorável ao mosquito; daí a importância de se ter atenção redobrada neste período.

Dentre as ações da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária são realizados dois ciclos de visitas durante o ano em todos os imóveis, sendo um total de 13.500 visitas até o final de fevereiro em imóveis incluindo os terrenos baldios.

 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews