Helio de Freitas, de Dourados/Reprodução Tero Queiroz | 10 de setembro de 2018 - 08h35

Após partida de futebol brasileiro é executado a tiros

"Foi levado ao hospital nas não resistiu"

O brasileiro Júlio Cesar Gonçalves, 25, foi morto a tiros de pistola 9 milímetros na noite de ontem (9) em Sanja Pytã, povoado paraguaio vizinho de Sanga Puitã, no município de Ponta Porã. Os dois distritos ficam nas margens da BR-463, no trecho entre Dourados e Ponta Porã.

De acordo com agentes da Divisão de Homicídios de Pedro Juan Caballero, sede do município onde ocorreu o crime, Júlio tinha participado de um torneio de futebol à tarde e permaneceu com amigos para a comemoração, no mesmo local.

Por volta de 21h30, o pistoleiro chegou ao local e disparou vários tiros na direção do rapaz. Júlio foi atingido por pelo menos cinco tiros no peito e um na cabeça. Ele chegou a ser levado por amigos para o Hospital Regional de Ponta Porã, mas morreu antes de chegar ao local.

A Polícia Nacional tenta localizar o pistoleiro, que foi visto por várias testemunhas. Os agentes afirmam que a principal suspeita é de crime passional.

Fonte: Campo Grande News. 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews