MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
Keila Oliveira | 14 de março de 2019 - 14h47

Com foco na ressocialização, internos do Centro Penal da Gameleira concluem curso

Custodiados do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira (CPAIG), unidade masculina de regime semiaberto da Capital, concluíram o curso de “Formação e Aperfeiçoamento de Obreiros”. A qualificação foi oferecida através da parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Mato Grosso do Sul (Iead MS).

Promovido pelo Instituto Bíblico Alencarino, da Iead MS, o curso teve carga horária de 40 horas presenciais e 20 horas de aulas programadas, por meio de leitura e síntese de livro com entrega de relatório.

O objetivo foi formar e capacitar pessoas para expandir o atendimento espiritual e o Ministério Eclesiástico dentro das unidades penais.  Ao todo, 22 internos foram qualificados.

A solenidade de entrega dos certificados foi realizada no sábado (9.3) e contou com a participação da chefe da Divisão de Assistência Educacional da Agência Estadual e Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Rita de Cássia Argolo Fonseca, que representou a direção da instituição no evento. De acordo com ela, além do aprendizado, a participação no curso prevê remição na pena, conforme estabelecido na Lei de Execução Penal.

Segundo a coordenadora do curso, missionária Laudemira da Rosa Ferreira Silva, a capacitação proporcionou mais estímulo e valorização aos internos durante o processo de reintegração na sociedade, além de qualificá-los para a realização da obra de Deus.

O interno Jeferson Machado de Oliveira falou em nome dos participantes do curso durante a solenidade, destacando que a religião é essencial para a busca de um novo caminho. “Por isso, convido os colegas de curso a atuarem como multiplicadores da palavra de Deus e servirem de exemplo aos companheiros de cárcere”, afirmou o reeducando.

Todos os cursos profissionalizantes oferecidos a custodiados da Agepen são coordenados pela Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da Divisão de Assistência Educacional, que acompanha as ações de parceria, atuando junto às instituições e estabelecimentos penais no fornecimento de suporte às qualificações.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews