Tero Queiroz | 9 de março de 2018 - 11h42

Brasileiro é destaque em clube japonês e marca 100% de aproveitamento

“Não podemos oscilar”, declara o camisa 10 Felipe

Quatro jogos, quatro vitórias, oito gols marcados e somente um sofrido. Esse é o desempenho do Sanfrecce Hiroshima na largada da temporada 2018. O camisa 10 do clube japônes é um brasileiro. Trata-se de Felipe, que no Brasil defendeu clubes como Palmeiras, Ceará, Atlético Paranaense, Ponte Preta, Bahia e Figueirense.

Essa é a segunda temporada de Felipe no Japão e bem mais adaptado o jogador espera corresponder ainda mais a confiança dos dirigentes e torcedores do time japonês. “Quero, junto do time, fazer uma temporada melhor que a passada. Hoje posso dizer que estou totalmente adaptado ao país e também ao futebol japonês. Estou confiante que farei uma grande temporada pelo Sanfrecce”, garantiu o meia, que atuou em 23 partidas na edição passada da J-League (primeira divisão japonesa).

Na última quarta-feira (07), Felipe deu uma assistência na goleada do Sanfrecce Hiroshima por 4×0 contra o Gamba Osaka, fora de casa, pela Copa do Imperador. O meia brasileiro, aliás, segue invicto contra o Gamba. “Fico feliz em ter contribuído com uma assistência e participado bem do jogo. Fizemos uma grande partida, equilibrada defensivamente e ofensivamente. Quero continuar mostrando o meu futebol na sequência dos jogos para demonstrar cada vez mais o meu valor no Sanfrecce, mesmo ciente da concorrência, que é grande no elenco”, declarou o atleta que já participou diretamente de 12 gols no clube japonês. Nas partidas em que Felipe contribuiu com gol ou assistência, o Sanfrecce teve 80% de aproveitamento.

Em 2017, o Sanfrecce Hiroshima lutou contra o rebaixamento, mas contou com o talento de Felipe na reta final da competição para se garantir na elite do futebol japonês. Ele chegou a marcou gols contra Cerezo Osaka e Shimizu Pulso e deu duas assistências na importância vitória por 2×1 diante do FC Tokyo. “Para mim foi ótimo terminar a temporada bem. Isso faz com que eu comece o ano motivado e confiante junto dos meus companheiros para continuar brilhando aqui no Japão”, relatou o atleta de 27 anos

A expectativa de Felipe para 2018, após um bom período de pré-temporada, é que neste ano o Sanfrecce Hiroshima tenha uma trajetória muito mais sólida nas competições nacionais. O camisa 10 aponta qual é o caminho para o time atingir esse objetivo. “Não podemos oscilar. Temos que ser um time regular e principalmente dentro de casa precisamos fazer valer a nossa força. Isso não aconteceu no ano passado, por isso tivemos muita dificuldade durante a J-League. Tendo essa postura, brigaremos por objetivos grandes nas competições”, ressaltou o meia.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews