MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS
BRASIL 247 | 17 de maio de 2019 - 12h47

Guedes diz que vai entregar Banco do Brasil para banco americano

O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou, ao lado do presidente, que irá entregar o Banco do Brasil ao Bank of America aos moldes do que “já fizemos entre a Embraer e Boeing”

 Em discurso em Dallas nesta quinta-feira (16), durante homenagem da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos a Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou, ao lado do presidente, que irá entregar o Banco do Brasil ao Bank of America aos moldes do que “já fizemos entre a Embraer e Boeing”. Ele já havia anunciado esta intenção antes da posse.

“Vamos procurar fazer uma fusão entre o Banco do Brasil e o Bank of America. São bancos bons para empréstimos agrícolas. Já fizemos uma nova relação entre a Embraer e Boeing. Vamos construir empresas transnacionais. Vamos ultrapassar as nossas fronteiras na procura de melhores oportunidades econômicas”, disse o ministro, de acordo com a transmissão da TV Brasil (Assista a partir de 5 min).

Em novembro, antes de tomar posse, o titular da pasta anunciou esta intenção. "Guedes acredita que a fusão abriria a porta para o Bank of America atuar no Brasil e assim aumentar a competição no setor bancário, altamente concentrado", disse ele (veja aqui).

O governo dá continuidade à destruição da soberania nacional travestida de um discurso de aumento da competição bancária. Bolsonaro e Guedes colocam em prática uma agenda que torna o Brasil uma espécie de "colônia" norte-americana, onde quem manda são os grandes empresários dos EUA. Submissão deixa o Brasil em situação vexatória no cenário internacional.

O Bank of America é a segunda maior holding bancária nos EUA e, desde 2010, é a quinta maior empresa americana em termos de receitas totais, e a terceira maior empresa não petrolífera dos Estados Unidos. A revista Forbes lista o banco como a terceira maior empresa do mundo. 

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews