Tero Queiroz | 6 de novembro de 2018 - 11h18

Em Nota Oficial FAMASUL diz que texto de gestão do bioma pantaneiro foi modificado

Pede que se reconsidere o texto apresentado à Comissão do Meio Ambiente do Senado Federal e acate as tratativas feitas com a Federação

Em nota oficial a Federação da Agricultura e Pecuária de MS - FAMASUL, instituição que representa os direitos dos produtores rurais do estado, divulgou em seu site uma negativa ao texto de Lei da PSL 750/2011 que dispõe a gestão do bioma do Pantanal. 

Segundo a FAMASUL o texto não está de acordo com as tratativas feitas pela instituição, ratificadas em audiências públicas, com o relator da PLS, senador Pedro Chaves.

Ainda de acordo com a entidade, da maneira escrita atualmente a legislação virá a prejudicar o desenvolvimento sustentável e a continuidade da atividade da pecuária pantaneira. 

Em nota, a Federação explica que são aproximados três séculos de prestação de serviço por parte dos produtores rurais da região pantaneira, conciliando pesquisa e produção agropecuária com proteção ao meio ambiente, oferecendo turismo ecológico, emprego e renda.

Desse modo, a Famasul demanda ao relator da PLS que reconsidere o texto apresentado à Comissão do Meio Ambiente do Senado Federal e acate as tratativas feitas com a Federação.

 
Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews